1

Cicatrização: como a Green Gem Chlorella pode ajudar na boa recuperação dos machucados

A nossa cultura popular é muito rica, perpetuando dicas e tradições ao longo dos anos e não seria diferente quando ao assunto está ligado à uma alimentação balanceada e aos cuidados com a nossa saúde. 

Exemplo disso estão nos ditos e costumes que você já deve ter ouvido da sua avó ou de algum parente com mais idade, em que ervas, chás e diversas preparações naturais prometem fortalecer o nosso organismo e, em muitos casos, evitar ou, até mesmo, acelerar a recuperação de doença e machucados.

Com isso, o que comemos e a forma como cuidamos do nosso corpo pode influenciar diretamente na capacidade do nosso organismo em se restabelecer e “se tornar saudável outra vez”. 

É neste ponto que entra a inserção do uso da Chlorella para auxiliar na cicatrização de ferimentos, devido à sua capacidade de contribuir para a regeneração de tecidos, já que é considerada um dos alimentos mais ricos em nutrientes de todo o mundo. 

Além disso, a Chlorella apresenta influencia diretamente na produção de anti-inflamatórios naturais do corpo, estimulando a defesa contra as possíveis infecções envolvidas na cicatrização.

 

Benefícios da Chlorella

Além de agir como um importante fator na cicatrização de feridas e machucados, a Chlorella proporciona diversos benefícios à saúde, sendo alguns deles:

– Auxiliar na redução de peso (diminui o apetite);

– Repositor energético (nutrientes, vitaminas e sais minerais);

– Regenerador celular;

– Normalizador das funções gastrointestinais;

– Reduz o envelhecimento precoce;

– Fortalece o sistema imunológico.

 

Posso fazer uso da Chlorella para auxiliar na cicatrização de ferimentos?

Não só pode, como deve. Estudos publicados pela revista Alternative Therapies in Health and Medicine (link do artigo: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11347287/) revelam que pacientes que fizeram uso da Chlorella durante o tratamento de cicatrização de feridas tiveram uma melhora mais rápida no quadro de saúde. 

O estudo também mostrou que durante os tratamentos também foi observado a fato de que a Chlorella não apresentou nenhum efeito colateral, principalmente quando combinada com outras técnicas e medicações, promovendo agilidade na regeneração do tecido e da ferida.

No entanto, o usa da Chlorella não faz milagres. Aliada à sua ingestão, é muito importante ter hábitos mais saudáveis e uma alimentação muito balanceada e bem regrada para aproveitar melhor os seus benefícios.

 

Alimentos que também ajudam na cicatrização da pele

  1. Carnes magras 

Tanto o frango quanto os cortes magros de carne vermelha são fontes ricas em proteínas de alto valor biológico, contribuindo para a formação de novos tecidos.

  1. Leguminosas

Feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico são leguminosas ricas em proteínas de alto valor nutricional, tendo como principal vantagem a de serem livres de colesterol.

  1. Peixes gordurosos

Peixes gordurosos, como salmão, atum, sardinha e arenque, são ricos em ômega-3, um ácido graxo que ajuda a reduzir a inflamação.

  1. Nozes e castanhas

As oleaginosas, como nozes e castanhas, fornecem gorduras benéficas com propriedades anti-inflamatórias, além de serem fontes de zinco, contribuindo para que o corpo mantenha a produção de colágeno. 

  1. Sementes

As sementes de linhaça e chia são ricas em ômega-3 e ajudam a formar a membrana celular, já as sementes de girassol e de abóbora são fontes de vitamina E, combatendo a ação dos radicais livres.

  1. Vegetais de folhas verde-escuras

Vegetais de folhas escuras, como couve, brócolis, agrião, espinafre e rúcula, entre outros, contribuem para a coagulação sanguínea e evita os sangramentos, prevenindo a formação de manchas roxas depois de uma cirurgia.

  1. Frutas cítricas

Laranja, limão, tangerina, acerola, abacaxi, maracujá e kiwi são alguns exemplos de frutas cítricas, alimentos ricos em antioxidantes, que combatem os danos causados pelos radicais livres, e em vitamina C.

  1. Frutas vermelhas

Frutas como amora, framboesa, mirtilo e morango são ricas em flavonoides, substâncias com propriedades antioxidantes que combatem a inflamação e protegem o sistema circulatório.

  1. Frutas e vegetais de cor roxa

Beterraba, berinjela, repolho-roxo, açaí, uva e cereja são alguns exemplos de alimentos que têm sua cor característica devido à presença da antocianina, um pigmento com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

  1. Fígado e ovos

Fígado e ovos são alimentos considerados excelentes fontes de ferro, o mineral que permite que as células vermelhas carreguem as moléculas de oxigênio e os nutrientes para os tecidos.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a Chlorella e como ela pode auxiliar na cicatrização, é muito importante, caso você precise fazer uso dela para essa situação específica, inserir uma alimentação mais saudável no seu dia a dia. 

Esperamos que as dicas possam ajudar você. Gostou desse artigo? Então assista ao vídeo que preparamos para te ensinar como tomar a Chlorella. Ah, e deixe o seu comentário. Sua opinião é importante para nós.

Deixe um comentário