1

Problemas na flora intestinal? Temos a solução!

Nem sempre os fungos e as bactérias são inimigos. Dentro da flora intestinal, esses microrganismos cuidam da integridade da mucosa intestinal, promovem melhor absorção de nutrientes e fazem o controle da proliferação de bactérias que poderiam causar doenças.

Por isso é tão importante cuidar da flora intestinal: quando ela fica desregulada, comprometemos a digestão dos alimentos e o monitoramento de agentes nocivos. Se você ou seus clientes e pacientes enfrentam problemas constantes da flora intestinal, continue a leitura. Nós temos a solução ideal para lidar com essa questão. 

O que é a flora intestinal?

Vamos começar do início. A flora intestinal é um conjunto de bactérias que habitam de maneira natural nosso intestino. É algo benéfica para ambos os lados: em troca de abrigo e alimento, esses microrganismos realizam processos essenciais para todo o organismo.

Dessa forma, é preciso muita atenção com esse organismo. Em caso de desregulação, suas funções podem ser comprometidas — inclusive a regulação do sistema imunológico. Ou seja: sem o equilíbrio da flora intestinal, nosso corpo fica mais exposto a doenças e enfermidades. 

Mesmo com sua tamanha importância para o corpo humano, nós temos a tendência de ignorar a flora intestinal e até mesmo prejudicá-la sem querer. É o que acontece quando ingerimos grandes quantidades de alimentos refinados, ricos em gordura e açúcar ou os industrializados. 

Além de contribuir para uma série de problemas como ganho de peso, cansaço e pele opaca, esse hábito provoca um desequilíbrio da flora intestinal. Em alguns casos, o quadro pode se agravar e se desenvolver em uma disbiose.

Um mal chamado “disbiose”

Lembra que nossa flora intestinal é “habitada” por diversas bactérias e fungos? Quando a maioria desses microrganismos é maléfica, ocorre a disbiose. Esse é um problema muito complexo e precisa ser levado a sério, pois suas manifestações podem comprometer a qualidade de vida da pessoa. 

As causas mais comuns da disbiose são aquelas relacionadas aos nossos hábitos. Isso inclui alimentação desbalanceada e rica em alimentos industrializados, ingestão rica em agrotóxicos, consumo excessivo de álcool e cigarro, automedicação, uso constante e elevado de antibióticos, anti-inflamatórios e antiácidos. 

Tudo isso compromete a saúde da flora intestinal. Oriente as pessoas ao seu redor para que elas fiquem atentas a sinais como indigestão, distensão abdominal, flatulência, obstipação e diarreia, especialmente após as refeições. Esses sintomas podem indicar problemas na flora intestinal e devem ser tratados com acompanhamento médico o mais rápido possível. 

Como cuidar da sua flora intestinal

Conhece o ditado popular “você é aquilo que come”? Pois é, ele nunca fez tanto sentido como agora. Afinal, a solução para uma flora intestinal encontra-se na nossa alimentação. 

É claro que casos mais graves precisam ser tratados de acordo, com o uso de probióticos para restabelecer a flora habitual. Neste tópico, vamos abordar como as pessoas podem evitar problemas de saúde com opções naturais e saudáveis. Assim, garante-se o equilíbrio da flora intestinal e os microrganismos presentes continuam com seu trabalho. 

Infelizmente, muitas das doenças são causadas pelos nossos hábitos. Um estudo realizado no Reino Unido indicou que diversas das enfermidades diagnosticadas poderiam ter sido evitadas — porém, o sedentarismo, a má alimentação, o alcoolismo e o tabagismo levaram milhares de pessoas ao médico. 

Por isso, é importante investir em alimentos ricos em probióticos, como iogurte, leite fermentado, picles e chucrute. Nos casos em que a alimentação não seja suficiente, é possível suprir essa necessidade com suplementos como a Chlorella. 

Chlorella: o segredo para regular o intestino

Afinal, uma das principais funções da flora intestinal é garantir que o intestino consiga eliminar tudo o que é inútil ou faz mal ao corpo para melhorar a absorção dos alimentos.

Um dos muitos benefícios da Chlorella diz respeito a esse tópico. A fibra da microalga promove essa limpeza e ajuda a eliminar as toxinas acumuladas graças a dietas pobres em nutrientes. Como a Chlorella é a maior fonte de clorofila do mundo, ela auxilia na desintoxicação, incluindo de metais pesados.  

Outra importante tarefa que a Chlorella executa na flora intestinal é o auxílio à multiplicação dos lactobacilos. Também conhecidos como “bactérias boas”, estão presentes em todo o processo digestivo. Eles são responsáveis por substituir outros tipos de microrganismos que poderiam prejudicar nossa flora intestinal. Por isso, sua multiplicação é tão importante para todo o sistema.

Interessante, não é mesmo? A Chlorella pode ser uma grande aliada na hora de cuidar da flora intestinal. E o melhor de tudo é que esta microalga não apresenta contraindicações. Assim, pode ser indicada por profissionais da saúde e vendida em lojas de produtos naturais. 

Se você quer saber como incluir a Chlorella no seu negócio, clique aqui e entre em contato com a Paversul. Somos a única empresa no Brasil autorizada a vender a Green Gem Chlorella, marca internacional da Taiwan Chlorella Manufacturing.

Deixe um comentário