1

Receita de pudim de chia e Chlorella

É desejo de muitas pessoas degustar uma sobremesa saborosa e que seja, ao mesmo tempo, saudável. E, acredite, é possível, pois o pudim de chia e Chlorella é formulado a partir de dois componentes 100% naturais e altamente benéficos para diversas funções do corpo.

De fato, pode parecer impossível para algumas pessoas compreender que uma sobremesa tão conhecida como o pudim possa ser saudável ao ponto de ter recomendação até mesmo de nutricionistas.

Isso acontece, pois, seu preparo é diferente dos tradicionais, feitos a base de leite condensado. Nesse caso, o segredo da cremosidade é a imersão da chia em líquido, que a torna mais espessa e cremosa, permitindo a textura incomparável dessa sobremesa.

Aprenda neste artigo a receita do pudim de chia e Chlorella e também leia algumas informações sobre essa saudável semente e dicas sobre alimentação com Chlorella.

Quais são os benefícios da chia para o organismo?

Para comer este pudim sem culpa, trouxemos algumas informações interessantes sobre os benefícios da chia para o corpo.

Ajuda no emagrecimento

É comum que algumas pessoas a associem ao emagrecimento, mas você sabe por quê? 

A resposta é simples. Essa pequena semente de origem asteca, ao entrar em contato com líquidos, possui a capacidade de se expandir e obter uma consistência levemente cremosa e mais mole do que no seu estado natural, assim como criar um gel incolor e sem gosto.

Dessa forma, ela promove saciedade, ao passo que possui baixo índice de calorias e auxilia as pessoas a comerem menos, e, assim, perderem peso.

Previne o envelhecimento

Além de ter a grande qualidade de saciedade, a chia também atua no combate dos radicais livres, que, entre outras ações, promovem envelhecimento da pele e das células.

Ou seja, ela retarda o envelhecimento e a destruição das membranas celulares, de modo a combater o envelhecimento precoce. Sendo assim, ingerir a semente pode trazer ganhos na estética e aparência da pele.

Controla a diabetes

A diabetes é uma doença marcada pela alta quantidade de glicose no sangue, tanto por conta da resistência do corpo à insulina ou da má liberação do componente no sangue, devido a problemas no pâncreas.

A chia é uma ótima aliada no combate a diabetes tipo 2 (resistência à insulina), já que é rica em fibras e aumenta o tempo de liberação de glicose no sangue, de modo a evitar picos de açúcar.

Além disso, também auxilia pacientes já diagnosticados com a doença, pois o gel que é liberado pela semente separa as enzimas de digestão dos carboidratos, o que faz com que a conversão em açúcar seja mais lenta, de forma a permitir um controle maior desse componente na corrente sanguínea.

Previne o câncer

Ela também pode ser uma aliada na prevenção de tumores malignos, já que os radicais livres, além de envelhecer a pele e prejudicar células, aumentam a probabilidade de surgimento do câncer.

Então, se essa semente é uma poderosa antioxidante, conclui-se que ela também pode prevenir o câncer proveniente dessa causa.

O Brasil é um país que perde mais de 200.000 pessoas por câncer anualmente, de acordo com o INCA, e todas as formas de prevenção são válidas.

Com tantos benefícios, comer o pudim de chia e Chlorella é, na verdade, saudável não apenas para o sistema digestivo, mas também para a pele e o bem-estar.

Receita de pudim de chia e Chlorella

Agora o momento esperado chegou! Aprenda a seguir a fazer o pudim.

Ingredientes

É possível fazer essa sobremesa funcional com apenas quatro ingredientes, que são:

  • 300 ml de leite de amêndoa,
  • 120 g de sementes de chia,
  • 2 colheres de sopa de mel,
  • 1 colher de chá de Chlorella em pó.

Aproveite para reservá-los antes de preparar a receita, para facilitar o processo.

Modo de preparo

O preparo do pudim de chia e Chlorella é feito em apenas 3 passos. 

O primeiro consiste em colocar em uma taça leite, mel e Chlorella em pó e depois misturar bastante esses ingredientes, para que a sobremesa fique o mais homogênea possível.

Em seguida, adicione as sementes de chia na mistura, mas, antes disso, coe, para que nenhum grumo passe.

Agora é hora de finalizar! Coloque a sobremesa em potes herméticos, de preferência. 

Na hora de servir, você pode agregar coco ralado por cima ou combinar com frutas vermelhas, como morango e framboesa in natura.

Como consumir a Chlorella no dia a dia?

Agora que você aprendeu essa receita, saiba que ela é apenas uma das infinitas possibilidades de ingerir Chlorella diariamente, afinal, essa alga pode ser usada de muitas outras formas, seja no preparo de petiscos, receitas salgadas ou de muitas outras sobremesas.

Não existe uma maneira certa ou errada de consumir a alga, que está disponível tanto em cápsulas como em pó, mas o recomendado é adicioná-la na dieta como suplemento, já que é considerada um superalimento.

Inclusive, quer aprender outra receita deliciosa? Continue em nosso blog e aprenda a preparar o pesto de Chlorella.

Deixe um comentário