1

Saúde com Chlorella: 8 problemas que ela ajuda a resolver

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afeções e enfermidades”.

Sabemos que para viver bem é necessário adotar uma série de hábitos saudáveis que contribuem para a manutenção do nosso bem-estar.

Muita coisa mudou desde o tempo dos nossos avós. É verdade que a expectativa de vida segue aumentando com o passar dos anos. Mas você já parou para pensar que isto não significa que sofremos com menos doenças? Pelo contrário.

De acordo com o Dr. Frank Liebke, no livro Algas: excelentes virtudes curativas, casos de doenças como distúrbios cardiovasculares, problemas hepáticos, diabetes e alguns tipos de câncer, são muito mais conhecidos e comuns atualmente.

É evidente que os avanços da medicina moderna contribuíram, de forma significativa, para o aumento da qualidade de vida.

Mas você também pode garantir sua saúde por meio de uma nutrição adequada. E mais: ter saúde com Chlorella como aliada deste processo!

Leia também:
Curiosidades sobre a Taiwan Chlorella Manufacturing
Dicas de como cuidar da pele com Chlorella

Saúde com Chlorella: o que ela pode fazer por você

Tomando Chlorella como um suplemento nutricional você pode reduzir significativamente o risco de ficar doente.

A seguir, confira 8 problemas de saúde que o uso da Chlorella pode contribuir para prevenir e amenizar os sintomas. As recomendações são baseadas no livro do pesquisador e médico, Dr. Frank Liebke.

Gripe? Não, obrigado!

A gripe pode ser causada por diferentes vírus. Além da febre, pode vir acompanhada de dores de cabeça e fadiga. Os sintomas, conhecidos e desagradáveis, são: dor de garganta, nariz entupido e bronquite.

Saúde com Chlorella: nos primeiros sintomas da gripe, o indicado é ingerir de 10 a 15 gramas (ou 40 a 60 tabletes) de Chlorella por dia, repetindo o procedimento por um período. A ação desta microalga pode ajudar a evitar a gripe ou diminuir sua duração.

Lavagem nasal

As lavagens nasais baseadas em Chlorella são eficazes em caso de resfriados. O procedimento estimula as defesas imunitárias e fortalece a mucosa nasal.

Para preparar a solução despeje uma colher de chá de Chlorella em meio litro de água quente, adicionando um pouco de sal grosso marinho e misturando tudo.

Na aplicação, feche uma das narinas com o dedo e despeje a mistura na outra. Antes de assoar o nariz, agite a cabeça da esquerda para a direita, para frente e para trás. Repita o procedimento na outra narina.

Micose: controle a invasão de fungos

A micose pode ser o sinal de uma forte concentração de produtos tóxicos. Em caso de invasão de fungos, a Chlorella age em vários níveis:

  • Fortalece o sistema imunológico contra fungos;
  • Remove resíduos de metais pesados;
  • Graças à sua ação probiótica, favorece a reprodução de bactérias benéficas para o intestino, como os lactobacilos.

Bactéria patogênica

Entre as ameaças ao equilíbrio da flora intestinal estão a presença de fungos e também o excesso de bactérias patogênicas. No caso da proliferação de bactérias nocivas, a Chlorella pode:

  • Corrigir toxinas;
  • Acelerar a reprodução de bactérias benéficas;
  • Estimular o sistema imunológico do corpo.

Saúde com Chlorella: tome 3 gramas (ou 12 tabletes) de Chlorella três vezes ao dia em jejum ou entre as refeições.

Diarréia: normaliza a irritação do intestino

Para diarréia leve, a Chlorella auxilia na normalização da irritação da parede intestinal e estimula a multiplicação de bactérias benéficas para o intestino.

Em qualquer caso, evite alimentos que irritam o intestino, como temperos picantes ou alimentos gordurosos. Também faça a ingestão apenas bebidas leves, como água ou chá.

Saúde com Chlorella: tome três vezes ao dia 3 gramas (ou 12 tabletes) de Chlorella durante a diarréia e continue por mais três dias depois de se sentir melhor. Se a diarréia persistir por mais de três dias procure um médico.

Constipação intestinal: desintoxica o organismo

A constipação intestinal é um problema comum em pessoas idosas. Os sintomas, na maioria dos casos, são: inchaço da barriga, dores de cabeça e irritação do intestino.

Diferentes estudos científicos revelam que Chlorella favorece o peristaltismo e desintoxica o intestino por causa da sua concentração de clorofila.

Saúde com Chlorella: ingira 5 gramas (ou 20 tabletes) de Chlorella de manhã em jejum e 2 gramas (ou 8 tabletes) na hora de dormir.

Mau hálito: saiba como evitá-lo

O mau hálito pode ser causado por diversos fatores, desde cáries dentárias até distúrbios gastrointestinais severos.

Saúde com Chlorella: tome 5 gramas (ou 20 tabletes) de Chlorella pela manhã em jejum e 5 gramas (ou 20 tabletes) à noite. Caso necessário, tome 2 gramas (ou 8 tabletes) entre as refeições.

Alívio da rinite alérgica

A mistura de pólen e substâncias tóxicas produz uma reação excessiva do sistema imunológico. A Chlorella ajuda na desintoxicação do corpo, liberando-o de metais pesados e outros poluentes.

Saúde com Chlorella: dois meses antes do início das crises de rinite até o final, você deve começar a tomar 2 gramas (ou 8 tabletes) de Chlorellas em jejum três vezes ao dia. Também pode fortalecer a mucosa nasal fazendo lavagens nasais duas ou três vezes por semana.

Emagrecer de forma saudável

No início de um processo de emagrecimento, o corpo deve se desintoxicar primeiro. Por isso, é necessário beber entre 2,5 e 3 litros de água por dia.

Os órgãos responsáveis pela eliminação podem sofrer risco de serem oprimidos pela quantidade de toxinas liberadas pelo tecido adiposo. O resultado disso pode ser um mal-estar geral.

A Chlorella ajuda a emagrecer de forma saudável contribuindo para:

  • Reduzir os sintomas de desintoxicação;
  • Fornecer substâncias essenciais que estimulam a combustão nas células;
  • Tomar Chlorella com muita água diminui a sensação de fome e aumenta a sensação de saciedade.

Saúde com Chlorella: todos os dias de manhã (em jejum) e ao meio-dia, tome 5 gramas (ou 20 tabletes) de Chlorella com água morna/quente.

Chlorella ajuda a reduzir o nível de colesterol

Diferentes estudos científicos demonstraram que a Chlorella pode reduzir a hipercolesterolemia.

Sabemos que o colesterol não é a única causa de doenças cardiovasculares, como, por exemplo, infarto do miocárdio.

Existem, de fato, outras causas como falta de exercícios físicos, estresse e obesidade. Mas não há dúvida de que ter colesterol alto aumenta os riscos.

Por outro lado, há pessoas que têm colesterol muito baixo, o que também é perigoso.

É imprescindível consultar um médico para ter o diagnóstico e receber o tratamento que for adequado.

Saúde com Chlorella: no caso de colesterol alto ou baixo, tome de 2 a 3 gramas (ou 8 a 12 tabletes) de Chlorella todos os dias no momento das refeições.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os benefícios desta poderosa microalga e como ela pode ajudar com os problemas que acabamos de falar, saiba onde encontrar o produto e comece a cuidar da sua saúde hoje mesmo!

Receitas com Chlorella

Deixe um comentário