1

Conheça o efeito da Green Gem Chlorella no tratamento de fibromialgia

Você já ouviu falar na fibromialgia? É uma condição clínica caracterizada pela dor crônica, muitas vezes associada à fadiga, distúrbios do sono e sintomas cognitivos. Estima-se que 5% da população mundial sofre dessa síndrome. No Brasil sua prevalência é alta: 2,5%. 

Infelizmente, essa doença não tem cura. Logo, o tratamento de fibromialgia tem como objetivo aliviar os sintomas e minimizar as dores. Um reumatologista é o profissional indicado para prescrever os remédios que melhor se encaixam em cada caso. Além disso, pode ser necessário consultar um psiquiatra ou neurologista caso o paciente desenvolva sintomas neurológicos ou psicológicos. 

No entanto, há luz no fim do túnel. Estudos comprovam a eficácia de terapias alternativas para o tratamento das dores. Inclusive, pesquisadores da National Center for Biotechnology Information já associaram a Chlorella com a diminuição do desconforto muscular. 

A seguir, abordamos mais sobre essa síndrome e como funciona o tratamento de fibromialgia.  

O que é a fibromialgia

Vamos do início. A síndrome de fibromialgia (FM) é um transtorno de dor crônica generalizada que traz grandes impactos na qualidade de vida do paciente. Essa doença é multissistêmica, caracterizada por uma série de sintomas. Os mais comuns são: 

  • Distúrbios do sono;
  • Fadiga;
  • Dor de cabeça;
  • Rigidez matinal;
  • Parestesias;
  • Ansiedade. 

A fibromialgia é um distúrbio bastante comum e pode ocorrer em qualquer pessoa, independente de gênero ou idade. No entanto, pesquisas mostram que mulheres entre 40 e 60 anos são a maioria. 

Infelizmente, não há cura para esta doença. O tratamento de fibromialgia visa melhorar a vida do paciente e requer uma abordagem multidisciplinar. Ou seja: não basta apenas tomar os remédios indicados pelo profissional. É preciso adotar novos hábitos, tratamentos não farmacológicos e intervenções farmacológicas. Assim, é possível aliviar a dor, melhorar a qualidade do sono e dos distúrbios de humor.

Uma das maiores dificuldades em relação à terapia farmacológica é que nem sempre os pacientes apresentam respostas satisfatórias. Alguns relatam efeitos colaterais associados ao uso de tais remédios durante muito tempo. Por outro lado, há muita dificuldade em fazer um tratamento de fibromialgia não farmacológico, baseado apenas em exercícios e medicina física. 

Por isso, cresce o interesse por uma terapia alternativa. É importante reforçar que esses tratamentos não substituem o uso de remédios, servindo como um complemento à terapia farmacológica. 

Como a Chlorella ajuda no tratamento de fibromialgia

A medicina alternativa e complementar tem aumentado de popularidade nos últimos anos. Em especial no tratamento de fibromialgia, pois a terapia convencional isolada tem mostrado benefícios limitados. Assim, surge a necessidade de um tratamento multidisciplinar. 

É neste cenário que entra a Chlorella. A microalga encontrada em fontes de água doce é muito rica em macronutrientes, incluindo vitaminas, minerais e proteínas. Por conta desse alto valor nutricional, é um superalimento utilizado por atletas e pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. 

Um estudo da Trusted Source descobriu que as pessoas com fibromialgia tiveram melhor qualidade de vida, devido a uma redução geral dos sintomas, ao tomar Chlorella diariamente. 

E não é só isso. Por conta das dores crônicas e da falta de energia, muitos pacientes começam a desenvolver sintomas de depressão. Pessoas que possuem depressão junto à fibromialgia geram um círculo vicioso, tendo maiores dificuldades no tratamento da doença, sentindo mais dores e agravando todo o processo. 

Felizmente, a Chlorella pode ajudar não só no tratamento de fibromialgia, mas também na depressão. Foi isso que mostrou uma pesquisa da Universidade Western Australia in Perth, que realizou um estudo com 92 pessoas com depressão severa.

Metade do grupo recebeu doses diárias da microalga, enquanto o outro grupo recebeu placebo. Ao final do experimento, aqueles que tomaram Chlorella apresentaram melhorias significativas no grau de alegria e relaxamento se comparados ao grupo do placebo.

Os pesquisadores associaram esse resultado ao triptofano, um aminoácido essencial aromático encontrado na microalga verde. Sua principal função é ser precursor do neurotransmissor serotonina, que não é produzido naturalmente pelo organismo. Logo, precisa ser ingerido através dos alimentos certos e também com suplementos, por exemplo, a Chlorella. 

Essa é apenas uma das muitas vantagens da Chlorella. Quer mergulhar no universo dessa microalga? A Paversul criou um eBook completo e gratuito para você desvendar a Chlorella e descobrir a verdadeira história desse superalimento. Clique aqui e baixe já o material!

Deixe um comentário