1

Lucre mais vendendo produtos naturais de qualidade

Você já se perguntou como o segmento de produtos naturais pode ser cada vez mais lucrativo? Podemos afirmar que isto vai depender muito das estratégias adotadas e de fatores como: escolha do ponto comercial, o público-alvo, os produtos, o cenário econômico e outros aspectos determinantes para o sucesso do negócio.

De acordo com a Euromonitor, o mercado de alimentação saudável deve crescer 4,41% até 2021. O setor foi responsável por movimentar R$ 92,5 bilhões somente em 2017 e não para de expandir.

Empreendedores que desejam ter sucesso na área devem considerar essas informações e aproveitar as oportunidades.

Está na hora de conhecer novas tendências, entender melhor seu público e começar a vender produtos naturais de qualidade que realmente trazem bons resultados.

Para te ajudar a melhorar suas vendas e alcançar novos níveis de lucratividade, separamos algumas tendências e como elas podem influenciar seu mercado. Quer entender melhor? É só continuar a leitura!

Há oportunidades na área de produtos naturais?

De acordo com dados do Sebrae, o setor de produtos naturais atende um dos maiores mercados consumidores do Brasil: o de alimentos. Neste amplo mercado com mais de 190 milhões de consumidores, há alguns nichos mais propensos a comprar.

Portanto, é importante focar em partes do mercado de consumo, como pessoas em busca de uma vida mais saudável ou que possuem algum tipo de restrição alimentar.

Segundo o estudo do Euromonitor, citado no artigo do Sebrae, o consumo de alimentos saudáveis foi de US$ 8,5 bilhões em 2004 para US$ 15,5 bilhões em 2009. Atualmente ele está em pleno desenvolvimento, gerando inúmeras oportunidades.

Redes baseadas na alimentação saudável ou natural, por exemplo, são verdadeiras tendências no país. Com o crescimento da quantidade de pessoas procurando por esse tipo de produto, é natural que as marcas foquem na expansão para oferecer suas vantagens a um número cada vez maior de consumidores.

Como lucrar vendendo produtos naturais de qualidade

Quem ainda tem dúvidas sobre as oportunidades nesse ramo de negócio precisa conferir todas as possibilidades que existem.

Separamos alguns tipos de empreendimentos para quem deseja prosperar na área, seja para complementar a renda ou expandir sua própria empresa

Franquias

O modelo de franquias é utilizado em todas as áreas da economia como uma forma de expandir negócios e aumentar a lucratividade. Para isso, o empreendedor precisa encontrar formas de aplicar seu modelo de negócio em outras unidades com garantia de vendas.

Conforme o Sebrae, o primeiro passo para começar sua própria franquia é definir um plano de negócios e estratégias de vendas. Lembre-se que seu franqueado esperará resultado a partir do valor investido. Depois disso, é preciso registrar a marca e cuidar de aspectos legais.

Ao criar uma franquia sua loja aumenta as chances de ganho não só com a venda de produtos, como também com a captação de franqueados. Para muitos, esse modelo de negócio é vantajoso porque permite ampliar o alcance da marca.

Caso você já explora essa modalidade de negócios, vale a pena utilizar formas de aumentar os ganhos da sua rede observando as tendências a seguir.

Refeições saudáveis prontas ou congeladas

Ao mesmo tempo que muitas pessoas querem adotar um estilo de vida mais saudável, fica cada vez mais difícil ter tempo de cozinhar em casa.

Por isso, empreendimentos baseados em refeições prontas conseguem lucrar vendendo produtos naturais de qualidade. O público que está em busca desse tipo de alimentação saudável considera esse atributo acima de qualquer fator.

Por isso, restaurantes ou empresas especializados em marmitas fit conseguem oferecer um grande diferencial. É uma maneira de fidelizar clientes e aumentar o ticket médio de venda. Alguns trabalham inclusive com planos mensais, mantendo a recorrência de compra.

Delivery de frutas e verduras

Você pode comprar frutas em qualquer lugar. Então por que o delivery seria tão interessante a ponto de ser transformado em oportunidade de negócio? Basicamente, ele amplia o acesso a alimentos orgânicos e naturais.

Muitos querem escapar das frutas e verduras cheias de agrotóxicos presentes no mercado, mas não moram perto de uma feira orgânica ou cooperativa. A solução está em pedir que esses produtos sejam entregues na porta de casa.

O delivery vem como um complemento da venda de frutas, legumes e verduras orgânicas. O investimento para começar a trabalhar com o serviço é razoavelmente baixo. De início, basta contratar um ou mais motoboys para as entregas conforme a demanda.

Existem modelos de negócio que trabalham também com a entrega de cestas de frutas. Elas são destinadas a presentes e ocasiões especiais. Uma opção mais saudável e deliciosa para quem procura opções criativas de lembranças para dar às pessoas queridas.

Lojas específicas para um nicho

Empreender oferecendo alternativas para pessoas que têm algum tipo de restrição alimentar ou que buscam opções alinhadas à cultura vegana ou vegetariana é uma grande sacada no segmento de alimentação saudável.

Para identificar essas oportunidades, basta olhar para os nichos promissores no mercado e a carência de soluções para esses públicos.

Aproveitar os impulsos financeiros do consumidor e a falta de opções segmentadas para ele requer estudo de mercado e a adoção de estratégias que satisfaçam suas necessidades.

Os dois fatores mais importante a serem considerados nesse tipo de empreendimento são:

  1. a diferenciação;
  2. o entendimento do público.

Primeiro observe quais são as ótimas oportunidades de negócios no mercado de alimentação saudável. Acompanhe quais são os problemas que essa parcela de consumidores enfrenta e seja a solução ideal para o nicho escolhido.

Fique atento aos novos perfis de consumo, como pessoas que preferem a gastronomia sustentável. Essa é uma tendência de consumo que pode gerar negócios inovadores.

Por fim, trabalhe com uma cadeia de suprimentos e ingredientes de origem conhecida e certificada. Priorize fornecedores qualificados e entregue, de fato, aquilo que o segmento de consumo necessita.

Açougue vegano

O público vegano é um dos grandes nichos promissores que fazem parte do movimento que defende um estilo de vida em defesa dos animais e do meio ambiente.

Além de não comer carne, como os vegetarianos, os veganos evitam também consumir qualquer produto de origem animal, sejam cosméticos, vestuário e outros.

O número de adeptos ao veganismo está em ascensão e ainda há uma carência de alternativas para atendê-los.

A questão é que, por mais que existam consumidores de carne no mundo, essa indústria está se tornando insustentável e está chegando ao seu ápice de impacto ambiental.

O consumo de carne de origem animal envolve pelo menos seis grandes problemas:

  1. desmatamento;
  2. grande emissão de gases;
  3. alto consumo de água;
  4. alto consumo de energia;
  5. exploração animal;
  6. aumento de problemas de saúde.

Por isso, empresas que desejam criar opções para esse público precisam também aderir à causa produzindo soluções completas que não tenham impacto tão expressivo.

Foi assim que surgiu o conceito de açougue vegano. Sua proposta é oferecer produtos tradicionalmente fabricados com matérias-primas vegetais. Entre eles encontramos itens artesanais feitos sem conservante e sem origem animal como hambúrgueres, salsichas, coxinhas de jaca e outras delícias.

O açougue desse tipo atende um público que está em crescimento. Conquistá-lo significa criar uma base leal de clientes vendendo produtos naturais de qualidade e origem comprovada.

Lojas fitness

O público fitness também está sempre em busca de lojas ou fornecedores de produtos naturais de qualidade. Quem frequenta academias e possui o objetivo de alcançar a hipertrofia ou perda de peso geralmente consome suplementos.

Uma tendência na área é migrar do uso de suplementos altamente processados para opções mais naturais.

As fontes de proteína e superalimentos, como a alga Chlorella, são excelentes formas de aproveitar essa nova forma de consumo. É possível lucrar na área vendendo produtos naturais de qualidade e com eficiência evidente.

Alimentos funcionais

Comer já não é mais simplesmente encher o estômago com um alimento qualquer, mas sim um ato de preservação da saúde.

Por isso, públicos que têm essa consciência são cada vez mais atraídos para a promessa dos alimentos funcionais. Eles utilizam ingredientes especiais para trazer benefícios à saúde, além de nutrir.

Lojas especializadas em alimentos funcionais utilizam farinhas, açúcares e até frutas diferenciadas para trazer vantagens, como melhorar a saúde cardíaca e controlar a glicemia.

Acima de tudo, esses negócios devem prezar pela qualidade de seus produtos. Um alimento funcional só é valorizado quando realmente é capaz de cumprir a promessa de trazer vantagens à saúde.

Quem pode investir?

Conforme o mercado se desenvolve e novos públicos surgem, as chances de lucrar com produtos naturais também aumenta.

Para começar é importante identificar com qual nicho seu negócio já se identifica e se existem oportunidades de crescimento.

Em lojas de produtos naturais, por exemplo, uma pequena adição, como a venda de alimentos funcionais, já pode fazer toda a diferença.

Vale a pena lembrar que esse mercado é baseado na qualidade. Portanto, ao iniciar um novo modelo de negócio ou incluir um novo nicho entre seus produtos, procure fornecedores confiáveis.

Existe uma demanda para seu negócio? Seus fornecedores são confiáveis e vendem produtos excelentes? Então você está pronto para lucrar mais vendendo produtos naturais de qualidade!

Infográfico: 6 vantagens que só os clientes da Paversul têm

Deixe um comentário